[1]
M. R. R. Batista, “E tinha uma índia pura no começo da família:”, raizes, vol. 31, nº 2, p. 38-53, dez. 2011.