[1]
V. Boni, “O conceito clássico de campesinato e o movimento de mulheres camponesas”, raizes, vol. 35, nº 1, p. 132-146, out. 2015.