Nas fendas da escravidão: crime e suicídio em São Carlos do Pinhal (1869-1888)

Conteúdo Principal do Artigo

Maria Aparecida De Moraes Silva
Janaína Dias

Resumo




Objetiva-se neste texto à análise das formas de resistência de escravos — crime e suicídio —, ocorridas no final do período escravocrata nas fazendas de café no município do então chamado São Carlos do Pinhal. As fontes que embasaram a pesquisa referem-se principalmente aos Autos Criminais, inéditos, encontra- dos nos Arquivos da Fundação Pró-Memória em São Carlos, além de impressos e micro-filmes do Arquivo Público do Estado de São Paulo. Foram analisados dois processos-crime, cinco inquéritos sobre suicídios e um inquérito sobre roubo, violência e ferimentos graves. A leitura dos Autos Criminais permite a interpretação das formas de transgressão e controle por meio de outros olhares, outros suportes narrativos.




Detalhes do artigo

Como Citar
Silva, M. A. D. M., & Dias, J. (2002). Nas fendas da escravidão: . Raízes: Revista De Ciências Sociais E Econômicas, 21(2), 212-226. https://doi.org/10.37370/raizes.2002.v21.193
Seção
Artigos

Referências

Ver no arquivo do artigo.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)