Falas da experie?ncia feminina: memo?ria, narrativa e trajeto?ria de mulheres camponesas nos Cerrados piauienses

Conteúdo do artigo principal

Dione Moraes
https://orcid.org/0000-0002-1123-1213

Resumo




A partir de uma pesquisa enfocando a situac?a?o de fami?lias camponesas no contexto da modernizac?a?o agri?cola das chapadas, nos cerrados do sudoeste piauiense, este artigo analisa as narrativas de mulheres camponesas, enfatizando temas como experie?ncia, trabalho, tra?nsito pelos espac?os privado e pu?blico e estilo narrativo. Essas narrativas das sertanejas dos cerrados apresentam elementos importantes sobre o trabalho, como a experie?ncia de vida em diversos momentos e espac?os sociais — o que tem particular releva?ncia no que se refere a sujeitos de um mundo rural que, ao mesmo tempo, inserem-se em um mundo social mais amplo. Mundo no qual a pro?pria questa?o da sobrevive?ncia exige redimensionamentos das noc?o?es pu?blico/masculino e privado/feminino, com significativas alterac?o?es referentes a? relac?a?o da mulher com o espac?o estritamente dome?stico e com outros espac?os para ale?m desta esfera.




Detalhes do artigo

Como Citar
Moraes, D. . (2004). Falas da experie?ncia feminina:: memo?ria, narrativa e trajeto?ria de mulheres camponesas nos Cerrados piauienses. Raízes: Revista De Ciências Sociais E Econômicas, 22(1), 30–45. https://doi.org/10.37370/raizes.2003.v22.207
Seção
Artigos

Referências

Ver no arquivo do artigo.