Concepc?o?es em disputa na formulac?a?o das poli?ticas pu?blicas de apoio a? agricultura familiar: uma releitura sobre a criac?a?o do PRONAF

Conteúdo do artigo principal

Paulo Eduardo Moruzzi Marques

Resumo




Este artigo visa discutir as concepc?o?es que orientaram a construc?a?o dos instrumentos de apoio a? agricultura familiar contidos no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF). A identificac?a?o dos fundamentos originais deste programa se reveste de uma importa?ncia maior para a inteligibilidade dos processos de ajustes das poli?ticas em favor da agricultura familiar. Discutem-se os pressupostos dos diferentes pensamentos que prescrevem a sustentac?a?o das formas familiares de produc?a?o agri?cola, tendo como para?metro fundamental o peri?odo compreendido entre a criac?a?o do PRONAF (1995) e a metade do segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso (2000). As intenc?o?es deste trabalho se orientam, em particular, para a ana?lise da construc?a?o dos pilares nos quais esta? assentado o PRONAF.




Detalhes do artigo

Como Citar
Marques, P. E. M. . (2004). Concepc?o?es em disputa na formulac?a?o das poli?ticas pu?blicas de apoio a? agricultura familiar:: uma releitura sobre a criac?a?o do PRONAF. Raízes: Revista De Ciências Sociais E Econômicas, 22(2), 16–28. https://doi.org/10.37370/raizes.2003.v22.217
Seção
Artigos

Referências

Ver no arquivo do artigo.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.