Tensões e dinâmicas territoriais: povos e comunidades tradicionais no contexto do desenvolvimento de Pernambuco

Conteúdo Principal do Artigo

Vânia Fialho

Resumo

O presente artigo tem por objetivo discutir os desafios enfrentados no momento em que o Nordeste se depara com uma recente onda desenvolvimentista que coloca em destaque a presença de povos e comunidades denominadas tradicionais nas áreas afetadas pelos novos empreendimentos. Utilizando como exemplo as dinâmicas territoriais dos povos indígenas de Pernambuco, enfatiza que a necessidade formal de identificação de comunidades tradicionais ou “especiais”, no caminho do desenvolvimento, tem explicitado contradições na concepção de Estado brasileiro e dado visibilidade a diferentes ruralidades.

Detalhes do artigo

Como Citar
Fialho, V. (2011). Tensões e dinâmicas territoriais: . Raízes: Revista De Ciências Sociais E Econômicas, 31(1), 153-163. https://doi.org/10.37370/raizes.2011.v31.324
Seção
Dossiê: Povos e Comunidades Tradicionais

Referências

Ver no arquivo do artigo.