A agricultura familiar de base ecológica em Remígio, PB, Brasil: um estudo sobre saberes, produção de conhecimento e inovação

Conteúdo Principal do Artigo

Alexandra Leite de Farias
Janice Rodrigues Placeres Borges

Resumo

O presente artigo busca refletir sobre produção de conhecimento e inovação entre os agricultores familiares sindicalizados do município de Remígio, PB, pertencente ao chamado Polo da Borborema – uma rede de sindicatos de Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais. O referido Polo vem praticando inovação na agricultura de base ecológica e com ênfase nas relações sociais existentes, no conhecimento e saberes locais. Assim, optou-se pelo estudo de caso e pela abordagem qualitativa. A coleta dos dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com agricultores familiares. Os principais resultados indicam que a agricultura ecológica praticada no município de Remígio é um avançado processo de desenvolvimento local e particular. O aspecto local e particular refere-se à importância de proporcionar inovação a partir da experimentação e da necessidade de cada agricultor, respeitando a sua particularidade e saberes, refirmando e valorizando as identidades desses agricultores.

Detalhes do artigo

Como Citar
Farias, A. L. de, & Borges, J. R. P. (2019). A agricultura familiar de base ecológica em Remígio, PB, Brasil: . Raízes: Revista De Ciências Sociais E Econômicas, 39(2), 330-343. https://doi.org/10.37370/raizes.2019.v39.113
Seção
Artigos

Referências

BRUNORI, G. et al. Towards a conceptual framework for agricultural and rural innovation policies. Clermont-Ferrand: Projeto Insight, 2008.
CHAYANOV, A. Sobre a teoria dos sistemas econômicos não capitalistas (1924). In: SILVA, J. G. da; STOLCKE, V. (Org.). A Questão Agrária. Weber, Engels, Lenin, Kautsky, Chayanov, Stalin. São Paulo: Brasiliense, 1981.
FREIRE, A. G. Pela vida das mulheres e pela Agroecologia: Agricultoras da Borborema reescrevem suas histórias. In: Revistas Agriculturas – Experiências em Agroecologia, v. 12, n. 4, p. 4-14, Rio de Janeiro, 2015.
OLIVEIRA, D. Produção de conhecimentos e inovações na transição agroecológica: o caso da agricultura ecológica de Ipê e Antônio Prado/RS. UFRGS. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural l, Porto Alegre, 2014.
PLOEG, J. D. V. D. Camponeses e Impérios Alimentares: lutas por autonomia e sustentabilidade na era da globalização. Porto Alegre: UFRGS Editora, 2008.
SILVEIRA, L. M; FREIRE, A. G; DINIZ, P. C. O; Polo da Borborema: ator contemporâneo das lutas camponesas pelo território. Revistas Agriculturas, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 13-19, 2010.
SILVEIRA, S. M. P. A importância das inovações sociotécnicas para o fortalecimento da agricultura familiar de base ecológica In: Redes de agroecologia: uma inovação estratégica para o desenvolvimento territorial sustentável. Estudo de caso de dois grupos do Núcleo Litoral Catarinense da Rede Ecovida de Agroecologia no período de 2002 a 2012. 2013. 482 p. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2013.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)