Gestão comunal de águas: a experiência da comunidade lagoa dos cavalos - Ceará

Conteúdo Principal do Artigo

Marcel Bursztyn
Suely Salgueiro Chacon

Resumo





Este artigo analisa a construção do sistema de regulação da água de uso comum em Lagoa dos Cavalos, na zona rural do município de Russas (Ceará). Trata-se de um sistema de abastecimento de água construído em mutirão pelos usuários a partir do Perímetro Irrigado Tabuleiro de Russas. Apoia-se na teoria dos recursos comuns em articulação com o conceito de ação coletiva. Optou-se pela pesquisa qualitativa, combinando o uso de fontes testemunhais, documentais e bibliográficas. Os entrevistados foram selecionados com o uso da amostragem não probabilística intencional. Conclui que as regras de uso da água, inicialmente flexíveis, sofrem mudanças para adaptação ao novo contexto de escassez provocado pela sobre-extração. A fixação de novas regras promove aprendizagem coletiva, que contribui para o aperfeiçoamento e a criação de outras regras, gerando um círculo virtuoso entre ambas.





Detalhes do artigo

Como Citar
Alves, M. O., Bursztyn, M., & Chacon, S. S. (2011). Gestão comunal de águas: . Raízes: Revista De Ciências Sociais E Econômicas, 31(2), 101-115. https://doi.org/10.37370/raizes.2011.v31.338
Seção
Artigos

Referências

Ver no arquivo do artigo.